Generic placeholder image
Héctor Arreola-Ornelas
Diretor executivo

Diretor executivo do Tómatelo a Pecho A.C. (Leve-o ao Peito, em tradução livre), pesquisador visitante do Instituto para Estudos Avançados das Américas, e pesquisador associado do Centro de Pesquisa em Ciências de Saúde da Universidade Anáhuac. Mestre em Economia da Saúde. Suas linhas de pesquisa incluem proteção financeira, economia do trabalho, avaliação econômica e políticas e sistemas de saúde e câncer. É autor de 61 trabalhos de pesquisa e 12 capítulos de livros. Faz parte do Sistema Nacional de Pesquisadores do México.

Email    LinkedIn    RG Research Gate    Site   

Generic placeholder image
Thalia Porteny

A Dra. Thalia Porteny está interessada em criar soluções políticas que representem justamente minorias e desenvolver uma base de evidências que mede o impacto de políticas que afetam populações vulneráveis. A Dra. Porteny é pós-doutoranda no Laboratório de Pesquisa, Ética, Envelhecimento e Saúde Comunitária da Universidade Tufts e pesquisadora visitante da Universidade de Miami. Ela recebeu recentemente seu Ph.D. em Política de Saúde da Universidade de Harvard em maio de 2019 e um M.Sc. em Saúde Global e População no Escola de Saúde Pública da Harvard T.H. Chan. A Dra. Porteny também é bacharel em Ciências Interdisciplinares e Psicologia pela The New School em Nova York. Sua pesquisa explora a governança em nível estadual na América Latina e o status legal como determinante social da saúde. Thalia atuou no Ministério da Saúde do México implementando programas nacionais de prevenção de doenças e lesões crônicas e como vice-diretora de saúde dos migrantes no departamento de Relações Internacionais. Ela também trabalhou em organizações internacionais como Médicos Sem Fronteiras, ONGs em Gana, e colaborou com a Organização Mundial de Saúde. A Dra. Porteny recebeu várias bolsas e prêmios, incluindo a bolsa de treinamento da Agência de Pesquisa e Qualidade em Saúde, a bolsa de treinamento NIMH e a bolsa CONACYT.

RG Research Gate   

Generic placeholder image
Salomón Chertorivski Woldenberg

Salomón Chertorivski Woldenberg é político e economista mexicano. Ele atuou como Ministro da Saúde do México durante a última parte do governo do presidente Felipe Calderón. Foi secretário de Desenvolvimento Econômico da Cidade do México de 2012 a 2017. Nasceu na Cidade do México em 28 de setembro de 1974. Obteve um diploma de bacharel em Administração de Empresas em Economia pelo Instituto Tecnológico Autônomo do México, onde se concentrou na política social de combate à pobreza. Em seus anos de faculdade, ele empreendeu idéias como painéis pré-fabricados para construção de casas e fornecimento de óculos para crianças em comunidades rurais. Concluiu o mestrado em Economia em sua alma mater e, em seguida, o mestrado em Políticas Públicas pela Universidade de Harvard. Durante seu mandato como Comissário Nacional de Proteção Social em Saúde em 2009, um milhão de mexicanos foram afiliados ao seguro de saúde público por mês, alcançando cobertura para 53 milhões de mexicanos. Em seu mandato, a cobertura também se expandiu para vacinação contra câncer de ovário de células germinativas, próstata, testículo, câncer de cólon e VPH, entre outros. Ele também assinou vários acordos para fornecer seguro popular a imigrantes mexicanos nos Estados Unidos e suas famílias no México, com o apoio de consulados mexicanos. Atualmente, é professor de políticas públicas no prestigiado Centro de Pesquisa e Ensino em Economia (CIDE) na Cidade do México e presidente do conselho consultivo nacional "Pensando no México".

Twitter   

Generic placeholder image
Felicia Marie Knaul

Felicia Marie Knaul (Doutora em Economia, Universidade de Harvard) dedica-se à pesquisa em saúde global, advocacia e formulação de políticas focadas na redução das iniquidades e na melhoria das condições socioeconômicas das populações vulneráveis. Na Universidade de Miami, ela é professora da Escola Miller de Medicina, diretora do Instituto para Estudos Avançados das Américas e membro do Centro Sylvester de Câncer. Ela lidera uma equipe de pesquisa da Fundação Mexicana de Saúde; é membro da Academia Nacional de Medicina do México; e é membro sênior do Sistema Nacional de Pesquisadores do México. Dra. Knaul foi diretora da Iniciativa Harvard de Equidade Global, presidida pelo Prêmio Nobel Amartya Sen. Ela atuou nos governos do México e da Colômbia em papéis de liderança na reforma da saúde e no desenvolvimento social, e projetou e implementou projetos de pesquisa em países em desenvolvimento. Knaul possui mais de 235 publicações acadêmicas e de políticas de saúde, liderou várias redes globais de pesquisa, e projetou e organizou quase 75 simpósios internacionais relacionados à pesquisa. Atualmente, preside a Comissão da Lancet sobre Violência e Maltrato de Gênero entre Jovens. Ela é membro de várias comissões da Lancet e preside a Comissão de Cuidados Paliativos e Alívio da Dor como autora principal do seu relatório de referência. Knaul fundou a Força-Tarefa Global sobre Cuidado e Controle do Câncer e produziu um livro que orienta pesquisadores, advogados e instituições sobre como diminuir a divisão global do câncer. Ela desempenhou um papel fundamental no projeto e pesquisa do Seguro Popular, um modelo usado para a reforma da saúde baseada em evidências em todo o mundo, e presidiu a série Lancet de Reforma de Saúde do México. Knaul mantém um programa sinérgico de pesquisa e defesa da saúde global. Ela é presidente fundadora da Tómatelo a Pecho, uma agência mexicana sem fins lucrativos que promove pesquisa, advocacia, conscientização e detecção precoce de questões prioritárias para a saúde das mulheres; é ex-presidente da União Latino-Americana Contra o Câncer da Mulher, representando ONGs de 10 países; e publicou um livro de memórias sobre sua experiência com o câncer. Ela também atua em vários conselhos de alto impacto. A Dra. Knaul é cidadão do Canadá e do Reino Unido e residente permanente do México.

Email    Twitter    Site   

Generic placeholder image
Michael Touchton
Cientista político

Dr. Touchton estuda economia política de desenvolvimento e subdesenvolvimento em um cenário comparativo. Suas áreas de interesse incluem como países atraem investimentos e promovem crescimento econômico, como reduzem pobreza e promovem desenvolvimento humano, e como se desenvolvem após a saída de indústrias principais. Apesar de grande parte da sua pesquisa ocorrer na América Latina, Dr. Touchton passou tempo considerável estudando essas questões em outras partes do mundo em desenvolvimento e nos Estados Unidos. Sua pesquisa faz parte da sala de aula, e suas disciplinas abrangem uma ampla variedade de tópicos em política comparativa e relações internacionais dos níveis introdutórios à pós-graduação.

Email   

Generic placeholder image
Alberto Cairo

Alberto Cairo é o Knight Chair em Jornalismo Visual na Universidade de Miami. Ele também é o diretor do programa de visualização no Instituto de Ciência de Dados e Computação na UM. Foi diretor de gráficos em publicações de mídia como El Mundo Online na Espanha, e revistas Globo no Brasil. É também consultor permanente de visualização em empresas e instituições como o Google e o Escritório de Orçamento Congressional dos EUA. Alberto Cairo é autor dos livros "How Charts Lie: Getting Smarter About Visual Information" (2019), "The Truthful Art: Data, Charts, and Maps for Communication" (2016), and "The Functional Art: an Introduction to Information Graphics and Visualization" (2013). Seu blog é www.thefunctionalart.com.

Email    Twitter    Site   

Generic placeholder image
Mariano Sánchez-Talanquer

Mariano Sánchez-Talanquer é Professor Assistente no Departamento de Política do Centro de Investigação e Documento Econômico (CIDE) na Cidade do México e Academy Scholar na Academia Harvard para Estudos Internacionais e Afins. Ele tem um PhD em Governo pela Universidade de Cornell. Sua dissertação do PhD recebeu o Prêmio William Anderson 2018 de melhor dissertação no campo geral do federalismo ou relações intergovernamentais, políticas estaduais e políticas locais da Associção Americana de Ciências Políticas (APSA). Seu trabalho foi ou será publicado no Journal of Democracy, Politics & Society e Latin American Politics and Society. Ele é co-editor com Ricardo Becerra do livro As Faces de Janus: Noventa Anos do Partido Revolucionário Institucional (2020, em espanhol). Seu atual projeto de livro, provisoriamente intitulado The Geography of State Power, examina a construção do estado no México e na Colômbia durante o século XX, concentrando-se nas origens históricas da variação territorial em várias formas de capacidade do Estado. Sua pesquisa foi financiada pelo Fulbright, o Conselho de Pesquisa em Ciências Sociais e o Conselho Nacional de Pesquisa e Tecnologia do México. Anteriormente, ele atuou como chefe de equipe do Ministro de Desenvolvimento Econômico da Cidade do México e como consultor do Secretário Executivo no Instituto Eleitoral Federal (IFE) do México.

Email    Twitter    RG Research Gate    Site   

Generic placeholder image
Sallie Hughes

A Dra. Sallie Hughes é Professora Associada do Departamento de Jornalismo e Gerenciamento de Mídia na Universidade de Miami. Ela é Diretora do Corpo Docente e Líder Sênior do Corpo Docente de Pesquisa para Estudos da América Latina na UMIA. Hughes é autora de Newsrooms in Conflict: Journalism and the Democratization of Mexico e co-autora de Making a Life in Multiethnic Miami: Immigration and the Rise of a Global City. Seu trabalho jornalístico antes de ingressar na vida acadêmica apareceu no The Miami Herald, The Washington Post, El Financiero Semanal (México) e Maclean's do Canadá, entre outros veículos. Ela leciona cursos de comunicação internacional e mídia étnica e supervisiona a programação da UMIA para professores e alunos de pós-graduação.

Email    Twitter    RG Research Gate    Site   

Generic placeholder image
Lenny Martinez

Lenny Martinez, M.S., (UM) é designer e engenheiro que hoje ensina visualização de dados e desenvolvimento web na Universidade de Miami. Tem estudos em Engenharia Mecânica pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology) e um Mestrado em Comunicação Visual pela Universidade de Syracuse. Martínez foi Fellow no projeto Carnegie-Knight News21 em 2018. Pesquisou o racismo, intolerância, e diversidade nos Estados Unidos. Também investigou a atitude do governo federal sobre os crimes de ódio, e foi desenvolvedor principal do projeto interativo The State of Hate. The investigation, Hate In America, que ganhou o prémio de jornalismo ao melhor projeto estudantil Robert F. Kennedy em 2019, e o prémio Edward R. Murrow por excelência em jornalismo digital no mesmo ano.

Generic placeholder image
Kim Grinfeder

Kim Grinfeder é professor associado e Chair do Departamento de Mídia Interativa na Universidade de Miami. Seu trabalho explora o uso de mídia em todo o espectro de tecnologias de comunicação emergentes.

LinkedIn    Twitter   

Generic placeholder image
Fernanda Da Silva

Fernanda Da Silva, M.S., é estudante de doutorado no terceiro ano da Escola de Comunicação da Universidade de Miami, e é brasileira-americana. Ela recebeu o título de Mestre em Ciências de Comunicação em Massa na Universidade Internacional da Flórida e seu Bacharelado em Publicidade na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Ela também possui uma especialização em Direção de Arte concedida como parte de seu programa de mestrado na FIU em parceria com a Miami Ad School. Sua carreira docente inclui cursos de graduação em comunicação em design, publicidade e estatística. Sua pesquisa se concentra em cultura, mídia digital, América Latina e imigrantes. Ela é nativa em inglês e português, tem espanhol avançado e atualmente estuda italiano.

Email    LinkedIn    Site   

Generic placeholder image
Layla Bouzoubaa

Layla Bouzoubaa é a Líder Analista de Pesquisa do Departamento de Ciências da Saúde Pública (DPHS) da Escola Miller de Medicina da Universidade de Miami (UM). Além disso, ela é a principal Programadora Estatística da Divisão de Saúde da População e Disparidades do Câncer e do SCAN360.com da Sylvester Comprehensive Cancer Center (SCCC) da UM. Atualmente, ela está trabalhando em pesquisas sobre abuso de substâncias para ajudar a direcionar intervenções para pacientes que sofrem de transtorno do uso de opióides, que inclui o desenvolvimento de Shiny Apps para mapeamento de recursos, harmonização de dados e estatísticas/visualizações da população para criar modelos que informarão o tratamento adequado. Layla também tem o prazer de co-instruir "Ciência de Dados e Aprendizado de Máquina para Pesquisa em Saúde", um curso de verão de 6 semanas para mestres e estudantes de doutorado no DPHS. Fora do horário comercial, Layla co-organiza o capítulo de Miami da R-Ladies, uma organização internacional que promove a eqüidade de gênero entre a comunidade de ciência de dados, e o Google Developers Group (GDG) Miami, um grupo comunitário que incentiva e possibilita a discussão de novos tecnologias no sul da Flórida. Ela também coorganiza a conferência anual Mulheres em Ciências de Dados (WiDS) em Miami, é embaixadora do Google Women Techmakers (WTM) e é facilitadora da iniciativa #IamRemarkable do Google. Além de seus amores profissionais, Layla é uma mãe muito zelosa de plantas e uma especialista wannabe em vinhos e crítica de comida.

LinkedIn    Twitter    Site